País

Renda Mínima Mumbuca de Maricá é destaque na Paraíba

O modelo bem sucedido de distribuição de renda e Economia Solidária de Maricá foi apresentado para os participantes do seminário “Finanças Solidárias e Políticas Públicas de Economia Solidária” realizado entre os dias 15 e 17 de dezembro na cidade de Lagoa de Dentro, no Estado da Paraíba.

O evento foi realizado pela Rede Paraibana de Bancos Comunitários de Desenvolvimento em parceria com o Projeto Ações Integradas em Economia Solidária (PAIES), Incubadora de Empreendimentos Solidários da Universidade Federal da Paraíba (INCUBES-UFPB), com apoio da prefeitura local, da Secretaria Executiva de Segurança Alimentar e Economia Solidária do Estado da Paraíba (SESAES-PB) e do Núcleo Catalizador de Economia Solidária do IFPB (NUCAES).

A Secretaria de Economia Solidária de Maricá foi representada pelo Coordenador de Pesquisa do observatório de políticas públicas, Nathan Melo Costa, que demonstrou todo o processo de implantação das políticas de transferência de renda, da criação do banco comunitário e o cartão mumbuca que integram o programa Renda Mínima Mumbuca.

Nathan Costa mostrou como a cidade, além de repassar aos mais de 15 mil cadastrados nos programas, a quantia de 130 mumbucas mensais, que equivalem a R$ 130, até as formas de gastar no comércio local, que possibilita girar a economia da cidade, gerando novos postos de trabalho e qualidade de vida.

A redução da evasão escolar também foi apresentada como meta, através do programa Mumbuca Futuro. O programa vai atender, a partir de 2018, alunos de escolas públicas municipais ou estaduais, do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e do 1º ao 3º ano do ensino médio, que pertençam a uma família residente no município de Maricá, independente da renda familiar. O valor mensal será de 50 mumbucas, correspondente a R$ 50 reais, além de um depósito anual de R$ 1.200, que será depositado a cada beneficiário através do Fundo Solidário, como estímulo ao empreendedorismo.

Maricá foi convidada para participar do seminário por ser referência no país pelos benefícios concedidos da moeda social Mumbuca – Renda Mínima Mumbuca. Com a participação de diversos municípios, o encontro serviu para trocar experiências sobre Economia Solidária ampliando o debate e as perspectivas de fomentar a Economia Solidária em outras regiões do país.

Veja Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close